Projeto

Objetivos

  • Produzir resultados atualizados e comparáveis sobre usos da internet móvel e a divisão digital em relação aos acessos, competências e participação entre crianças e adolescentes (9-16 anos) nospaíses que integram o projecto.
  • Produzir resultados sustentados e comparáveis sobre a incidência e natureza dos riscos onlineassociados ao acesso à internet através de dispositivos móveis, comparando-os com riscos online em geral;
  • Identificar que crianças e adolescentes se encontram em situação de risco e porquê, examinando fatores de vulnerabilidade (a nível individual e a nível do país);
  • Avaliar a forma como as crianças e adolescentes lidam com os riscos identificados, incluindo a sua literacia digital;
  • Examinar as motivações por detrás da mediação e estratégias de capacitação de pais, professores e pessoas que lidam diretamente com crianças e adolescentes, assim como a eficácia das mesmas;
  • Identificar e disseminar recomendações relevantes para o desenvolvimento de iniciativas de capacitação para a segurança na Europa.

 

Desafios na pesquisa longitudinal – Mudanças tecnológicas e societais

– O rápido crescimento do acesso a serviços online

– Os novos aparelhos (tablets, smartphones…

– As mudanças estruturais da população

– A contínua apropriação das tecnologias pela sociedade: há quanto tempo metade da população de um país acede à internet?

– Quem são hoje as crianças que acedem; em que condições acedem? O que “está na moda” quando acedem?

– Quem são os pais das crianças de hoje, qual é a sua experiência como utilizadores da internet e dos meios móveis?

 

Países participantes

    • Dinamarca, Itália, Roménia, Reino Unido
    • Irlanda, Portugal e Bélgica – sem financiamento europeu
    • Resultados comparados entre sete países europeus (norte/sul; ocidente/centro europeu; diferentes histórias de penetração da internet; diferentes valores e contextos; gerações que lideram nos usos…)
    • Comparação com resultados de 2010; comparação entre os países
Advertisements